Guia completo de marcas ECO: moda, beleza e decoração

395

Um estilo de vida eco-friendly presume a redução do consumo de maneira geral, mas isso não significa que temos que parar de comprar – até porque isso é impossível, não é? Mas devemos, sim, repensar a maneira de consumir e principalmente O QUE comprar. 

Estar ligado na origem dos produtos que compramos é imprescindível. Só assim temos certeza de que a marca compartilha conosco um valor importante: o respeito à natureza.

Separei algumas marcas de moda, beleza e decoração nas quais você pode confiar e que têm uma política de transparência bem bacana: nos sites, dá pra acompanhar os processos produtivos e como elas funcionam por dentro. Espero ajudar! 🙂

 

Moda

Osklen

Quando falamos de moda eco-friendly, a Osklen logo vem à mente. Pioneira no assunto, a marca abraçou a causa lançou a primeira t-shirt de algodão orgânico ainda em 1998, quando sustentabilidade estava longe de ser um assunto em pauta. 

Atualmente a Osklen toca, ao lado do Instituto E, o projeto e-fabrics, que “ identifica matérias-primas sustentáveis que possam ser utilizadas pela indústria têxtil e pela cadeia produtiva da moda estimulando, assim, uma cultura de consumo consciente. O projeto visa a promoção do estudo dos impactos socioambientais no processo produtivo, a preservação da diversidade e das relações sociais com comunidades, criando produtos com design.”

Bacana, né? Vale a pena acompanhar a marca nas redes sociais! As peças, além de tudo, são lindas e mega estilosas!

Narooma

A Narooma é daquelas marcas que fazem a gente morrer de orgulho: toda a produção é brasileira, o que valoriza o mercado nacional e sustentabiliza bastante os processos; a marca tem uma política de zero descarte e aceita roupas usadas para dar o destino correto a elas; e, como se não bastasse, 1% do lucro é revertido para ajudar a ONG SOS Amazônia.

Sobre as ações eco-friendly da Narooma, vale visitar a página do Ciclo N, um programa cujos focos são “cuidar da extensão da vida útil dos retalhos de confecção” e “garantir a doação ou reciclagem das roupas usadas dos clientes”. 

E os produtos? São lindos! A marca aposta num estilo mais básico, com cores chapadas, estampas discretas e muitas peças listradas. Eu amo! Os valores são super acessíveis também!

Yes I Am Jeans

Quem não ama um bom jeans? Eu não vivo sem peças atemporais, que posso usar em situações diversas, e definitivamente o jeans é um tecido que proporciona isso. 

A Yes I Am é uma marca com fabricação 100% brasileira que lança mão de um processo produtivo com o mínimo possível de produtos químicos. Os jeans são feitos com matéria prima de alto padrão e mão de obra humanizada, e passam por uma lavanderia industrial antes de serem enviados aos clientes. As lavanderias têm sua própria estação de tratamento de água e todos os processos seguem suas respectivas normas ambientais.

As peças são super clássicas e lindíssimas! O Instagram da marca é este aqui.

Beleza

feito brasil

A feito brasil é uma marca de cosméticos com produtos para cuidados da cabeça aos pés. A marca se sustenta sobre quatro pilares: valorização do ser humano, sustentabilidade da vida, brasilidade, arte e cultura e empoderamento da mulher. 

A fábrica fica no “incrível mundo da feito”, apelido carinhoso da sede. Toda a arquitetura do lugar é sustentável, e dá pra saber tim-tim por tim-tim do funcionamento nesta página aqui

Os produtos são produzidos artesanalmente e as coleções têm inspirações super bacanas, como a tradição nordestina da xilogravura e festas folclóricas brasileiras. Incrível demais, né? Coisas que a gente compra com prazer!

BAIMS

A BAIMS é uma empresa de cosméticos eco-friendly desde o nascimento. Ela prioriza “o uso de insumos e matérias-primas naturais ou orgânicas, não testadas em animais e livres de ingredientes tóxicos. Responsabilidade com o consumidor significa oferecer produtos de alta tecnologia a favor da beleza, com benefícios reais associados à saúde.” 

Os produtos são de origem 100% natural, feitos com ingredientes puros e orgânicos, livres de toxinas e químicos agressivos. Olha só, que legal: a BAIMS é precursora na formulação de maquiagens com BBA™ – BioBehenic Active, um ativo derivado da Pentaclethra macroloba (Pracaxi) que apresenta atividade clareadora e propriedades comprovadas para o cuidado com a pele.

Dê uma olhadinha nos produtos aqui. Vale a pena!

Simple Organic

A Simple Organic é uma marca que visa “democratizar a beleza natural através de produtos orgânicos, desenvolvidos com muito amor e estudo”. Os produtos são veganos, orgânicos, cruelty-free e agêneros. Tem maquiagem orgânica, produtos de skin care e até uma linha infantil super fofa!

O instagram da Simple Organic é cheio de dicas de sustentabilidade. Sigam! 

Decoração

Futon Company

A Futon Company é especializada em futons, sofás-camas, sofás modulares, almofadas, puffs e similares. A marca privilegia o uso de madeira, aço e algodão nacionais e controla minuciosamente o processo de produção. Para eles, “design sustentável é um equilíbrio entre sustentabilidade das matérias primas, reciclabilidade dos produtos e uso de matérias de qualidade para garantir um produto durável”. 

A Futon Company reaproveita sobras de algodão e tem um tecido próprio, o Ecolona, que produzido a partir de fibras recicladas da indústria têxtil; entra na composição 30% de pet reciclado. Muito legal, né? Você encontra os produtos aqui!

Galeria das Lonas

A Galerias das Lonas é uma empresa de decoração e áreas externas. Em 2019, a marca eliminou o uso de sacolas plásticas e papelão e lançou mão de ecobags feitas com sobras de tecidos utilizados em sua produção. 

Além da venda de produtos, a Galeria das Lonas restaura e reforma peças de alumínio e/ou madeira. Isso evita o descarte desnecessário e estimula o consumo consciente. Adoro!

Interface

A Interface surgiu como uma marca de carpetes modulares. Com o tempo, expandiu seu portfólio, e hoje também trabalha com pisos e tapetes. 

No site da marca há um espaço dedicado exclusivamente à sustentabilidade. A nova missão da Interface, batizada de Climate Take Back, baseia-se no compromisso com a administração dos negócios com vistas à recuperação do clima. A Interface está trabalhando em um protótipo de piso de captura de carbono para “remover o carbono da nossa atmosfera e proteger os dissipadores de carbono natural”. Muito legal mesmo!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui