Pandemia: como fica o meio ambiente durante esse período?

116

Plástico em excesso e o descarte incorreto de máscaras impacta negativamente o meio

ambiente e pode contaminar outras pessoas

Em tempos de Covid-19 o uso de máscara para proteção virou um item essencial e até mesmo obrigatório em grande parte do mundo. A procura por elas durante a pandemia tem sido tão alta, tanto é que o item já está em falta em muitos lugares. Feitas de material que não pode ser reciclado o seu descarte em lixo comum virou um problema para o meio ambiente e para muitas pessoas.

O efeito do descarte incorreto é que este resíduo infectado terminará sendo levado para um local inapropriado para receber este tipo de material. Assim, quando você não toma os devidos cuidados pode colocar em risco a saúde dos trabalhadores que atuam na coleta de lixo. Pois, mesmo que eles usam equipamentos de proteção, caso entrem em contato com uma máscara contaminada e levarem a mão ao rosto, podem ser infectados.

Descarte correto

Classificadas como pela Política Nacional de Resíduos Sólidos como material infectante, as mascaras precisam ser descartadas obedecendo normas técnicas para não causar danos ou riscos à saúde pública, e minimizar os impactos ambientais que podem provocar. O ideal é que sejam dispensadas junto ao lixo hospitalar. Caso você não tenha acesso a esses locais, deve-se usar para o descarte dois saquinhos plásticos – um dentro do outro. Coloque a máscara dentro do primeiro saco, amarre bem e em seguida coloque dentro do outro, depois é só dar um nó bem forte. Por fim, jogue-as no lixo do banheiro.

Pandemia gera excesso de plástico

Além das máscaras, outros itens são importantes para proteção contra o novo Coronavírus como luvas, viseiras, aventais e roupas especiais. São os chamados Equipamentos de Proteção Individual (EPI) usados principalmente por profissionais da área de saúde. O problema está justamente no tipo material que são fabricados. Isso fez com que haja um aumento da quantidade de plástico circulando no mundo todo.

Claro que essa produção é necessária, pois estamos falando pandemia, porém, como já dito, por serem muitas vezes descartados sem os devidos cuidados, todo esse material pode acabar parando em matas, rios e mares. Em muitas cidades do mundo máscaras e luvas jogadas nas ruas já se tornaram comuns.

Essa “corrida” pelo plástico fez com que surgisse uma ameaça adicional ao meio ambiente, já tão sufocado e poluído em um ritmo cada vez maior. É irônico e ao mesmo tempo triste pensar que enquanto estamos produzindo material para combater uma crise, podemos estar colaborando para o surgindo de outra.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui