Quais tipos de lixo você têm em casa? Cuidado com os contaminantes!

648

Não faz muito tempo desde que a cultura de separar os tipos de lixo em casa começou a fazer parte das nossas vidas. A própria palavra sustentabilidade só foi utilizada pela primeira vez na ONU há menos de 50 anos! Podemos dizer que, infelizmente, há pouco tempo nós ainda colocávamos todo nosso lixo em apenas uma lixeira, sem qualquer critério.

 

E apesar de muita gente ainda ter este comportamento obsoleto, outros tantos têm se preocupado em quais são os tipos de lixo que possuímos em casa e qual a maneira correta de lidar com cada um deles!

 

Eu, com certeza, sou uma dessas pessoas e tenho estudado durante muitos anos sobre o assunto. Aprendi que lixo é coisa séria e pode ser maléfico até na sua saúde se não houver conhecimento sobre como se responsabilizar de forma correta, olha só:

 

♻️  LIXO RECICLÁVEL

Ainda bem que já estamos familiarizados com o termo! O lixo reciclável é todo tipo de material que pode ser convertido em nova matéria prima e ser reutilizada. Quando separado de forma correta, ajuda na forma como ele será reaproveitado.

 

O ciclo é constante e, se praticado de forma correta por todos nós, jamais prejudicará o meio ambiente. Uma dica é sempre deixá-los limpinhos e evitar que qualquer tipo de lixo orgânico vá juntamente!

 

🗑️  Exemplos: vidros, papéis, metais, plásticos.

 

♻️  LIXO ORGÂNICO

Nós produzimos toneladas dele todos os dias! Isso porque boa parte do que consumimos é “orgânico” – a palavra é empregada aqui como “tudo que é vivo” e não exatamente saudável – e acabamos por descartar grande quantidade de cascas, restos de comida e diversos outros exemplos na natureza. Mas calma, grande parte dele possui um papel importante!

 

O tratamento adequado deste tipo de lixo pode transformá-lo em excelente adubo. Este é o papel da compostagem, o conjunto de técnicas aplicadas que estimulam a decomposição dos materiais orgânicos, com a finalidade de obter, uma materia estável, rica em substâncias húmicas e nutrientes minerais para formar assim, um solo favorável!

 

Mas cuidado! Isso não quer dizer que você pode sair jogando casca de banana em qualquer lugar ou colando chicletes no asfalto! É preciso separar todos os tipos de lixo de forma correta e limpa, para assim contribuir para o bom tratamento e reutilização do mesmo.

 

🗑️  Exemplos: frutas, verduras, cascas de pão e todos os tipos de restos de comida.

 

♻️  LIXO COMUM

Dos que falei aqui, talvez este seja o menos familiar a você, mas atenção! É fundamental possuir uma separação para ele em casa. Sabe aquele algodão que está totalmente sujo com alguma substância líquida? Exatamente, ele não é considerado lixo orgânico e nem reciclável, mas sim comum.

 

Isso porque não é possível reutilizá-lo em nenhum dos dois, pois está infectado com ambos! É importante separá-lo em outra lixeira para que o descarte seja realizado corretamente. Eu dei um bom exemplo sobre como descartar um tipo de lixo comum no meu stories, olha aqui: qual o jeito correto de jogar fora esmalte?

 

🗑️  Exemplos: jornais sujos, papéis com outros resíduos (até mesmo higiênico)

 

♻️  LIXO CONTAMINANTE

Atenção com estes tipos de lixo, pois podem ser extremamente perigosos! Remédios, lixo eletrônico, óleo de cozinha, todo tipo de resíduo que contém substâncias maléficas à saúde, chamamos de lixo contaminante. É importante separá-lo dos demais e manipulá-lo com cuidado.

 

Objetos eletrônicos podem parecer inofensivos, mas alguns emitem substâncias extremamente prejudiciais, por isso, é fundamental mantê-los distantes dos demais, assim você cuida da sua saúde e contribui para a separação adequada dos mesmos.

 

🗑️  Exemplos: pilhas, baterias, remédios, lixo eletrônico, óleo de cozinha.

 

 

É muito importante saber de cor todos os tipos de lixo que você tem em casa e como tratar cada um deles. É questão de saúde, ética e responsabilidade ambiental de todos nós. Há, ainda, formas e segredos sobre como nos livrarmos do lixo e gerarmos muito menos em casa, mas esta eu vou deixar para o próximo artigo!

 

Espero que tenha te ajudado a ser um pouquinho mais ECO!

Até à próxima! Maria virou eco.  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Por favor digite o seu nome aqui